Descobrir que seu filho é especial é viver um turbilhão de emoções

mae faltas

Em geral, ser mãe não é uma tarefa fácil. Demanda doar-se integralmente, desvendar seu filho, transformar sua própria vida. Ser mãe de uma criança com necessidades especiais aumenta radicalmente a quantidade e a intensidade das emoções.

No começo, você teria feito qualquer coisa para seu filho estar fora de um diagnóstico. Talvez você negasse. Talvez estivesse acreditando (ou querendo acreditar) que eram os médicos que estavam errados. Ou lá no fundo, talvez você soubesse. De qualquer forma, as emoções ficam confusas. O futuro incerto traz muito medo e insegurança.

Há uma mistura de emoções. De repente, sua vida ficou diferente. Ninguém perguntou se você queria, se você aceitava, não é mesmo? Pode ser um período doloroso, que pode demorar dias ou até anos para passar. Em alguns casos, nunca passa.

Você começa a ouvir de outras pessoas “guerreira”, “supermãe”, “mãe especial”… mas você não se sente especial. Muito pelo contrário, sente-se confusa e cansada. Nem queria esse título. Não pediu por ele! Se os pais em geral acham que seus filhos deveriam vir com manual de instruções, imagine então as necessidades especiais!

Com certeza, a deficiência não é o caminho que você teria escolhido, mas agora você está nele. Acontece que a vida é uma dádiva, que merece ser todos os dias ser celebrada! Todo ser humano independente de sua condição, tem muitas coisas a aprender e a ensinar.

Entender e aceitar seu filho tal como ele é, não só aumenta as possibilidades de seu desenvolvimento, como também alivia, abre portas, tira a dor… Não importa se ele age, pensa ou anda de forma diferente da maioria das crianças.

Então podemos sentir gratidão. Não pela deficiência, mas por todo seu aprendizado. Os desafios são muitos, mas as recompensas são muito maiores. E só quem trilha todo esse caminho tem o privilégio de compreender.

Por Amanda Puly

 

Fonte: Clube materno

Imagem: Internet

Anúncios

Você sabe lidar com suas emoções? – Por Karyna Saveriano

13606897_308766792791869_2884453860401552615_nAs emoções são muito consideradas na MTC(Medicina tradicional chinesa).
Na medicina tradicional chinesa, analisamos os pacientes seguindo estas alterações.
Procure se questionar; eu me coloco nos extremos destas emoções???? Eu vivo nos extremos destas emoções????? Estou sempre insatisfeito? Atribuindo aos outros indivíduos os meus problemas, As minhas frustrações??
A raiva carrega o nosso corpo de inúmeros problemas, problemas estes que atingem principalmente o fígado e a vesícula. Você tem ou ja apresentou calculos na vesícula(pedras na vesícula???), ja se submeteu ou vai se submeter a cirurgia de retirada da vesícula???


Saiba que a acupuntura e a massoterapia são recursos que poderiam ter auxiliado neste processo, e auxiliam muito nos processos ativos, em que a cirurgia ja esta marcada.
Procure um massoterapeuta que trabalha linha oriental e um acupunturista.


Saiba tambem que a terapia (psicoterapia) deve estar presente na sua vida, pois sozinho você não conseguirá sair do lugar!!!!!!!


Trabalhe suas raivas!irritações! Não somatize seus problemas! Resolva-os!

***

Contato Dra Karyna Saveriano
(11) 99637-6606/ 98547-4848

***

Compartilhe com seus amigos e família e não deixe de curtir nossa página no faceFacebook  Mães em ação , assim você fica por dentro de tudo o que rola no mundo das mães!