Mãe da Semana: Amanda Andrade: O milagre da UTI

amanda 2

A mãe dessa semana é a Amanda, mãe do Felipe, que hoje comemora 1 mês. O depoimento dessa mãe mexeu muito comigo, imagine você ter o seu bebê e não conseguir cuidar dele? Imagine você além de não poder cuidar dele você ainda tem que lutar para sobreviver, em razão de um erro médico. Confira essa linda história!!! Migragres existem…

***

Durante a minha gestação tudo ocorreu tudo bem, eu e meu marido sempre conversamos sobre eu ter parto normal ou cesárea, enfim, escolhi cesárea e paguei ao meu antigo GO para fazer o parto.

Ele ficou de marcar o parto e nunca marcava, porém eu já estava com a carta de internação, caso houvesse alguma ocorrência.

Enfim, no dia 5 de outubro, a minha bolsa estourou, mas não senti dor, avisei ao meu GO e ele me pediu pra passar no consultório dele antes, fui lá e ele me encaminhou para a Maternidade e disse que em meia hora chegava. Fui para o  hospital…

Chegando lá, mandaram eu para parto de emergência e foi feita a minha cesárea com o plantonista, meu bebê nasceu lindo e cheio de saúde, porém após a cesárea continuei sentindo dor, eu gritava de dor e as enfermeiras me davam laxante pra fazer coco, me davam tudo, mas não faziam exames.

Fiquei 2 dias e meio no hospital, no dia da alta, eu vomitei, fui pra casa muito mal, comecei a vomitar com o cheiro muito forte, não consegui cuidar do meu filho desde o dia em que nasceu, eu recebi alta na quarta, quinta feira voltei ao hospital em que tive meu bebê, eu gritava de dor, e tinha que dar leite pro meu filho, eu gritando de um lado e meu bebê chorando do outro com fome e minha família desesperada, pois eu já estava ficando desacordada, resolveram fazer alguns exames em mim e viram que eu estava cheia de coco na barriga, pois na hora do parto perfuraram o meu intestino.

Fui transferida direto pra UTI, mas como o hospital não tinha suporte para me atender, fui transferida para outro hospital, aonde já estou há 25 dias internada na UTI, enfim, quando cheguei aqui, fui direto para a sala de cirurgia, fui entubada, fiquei desacordada por dias, meu corpo ficou todo inchado, tive que aprender a andar de novo, fazer coco de novo, a comer de novo, me tornei uma criança, meu corpo ficou todo inchado, parecia que eu ia explodir.

Muitos enfermeiros olharam pra mim e disseram que eu não sobreviveria, mas Deus é tão maravilhoso na minha vida, que me deu a chance de viver de novo, estou me recuperando aos poucos, falta algumas coisas ainda pra mim ir pra casa, dia 5 meu filho faz 1 mês e eu ainda não pude curtir ele, mas só pelo fato de estar viva, eu posso levantar as mãos para o céu e dizer que Deus é na minha vida, hoje aqui na UTI, me chamaram de “O MILAGRE DA UTI” .

Hoje quem me vê aqui, andando, comendo, falando, pode ver que Deus existe, logo logo eu estarei em casa com a minha família e apesar de eu ter ficado esse tempo todo longe do meu bebê, pelo menos eu tive o privilégio de sobreviver e saber que vou conhecer o meu filho, que sempre foi o meu sonho, ser mãe.

E quanto ao meu ex GO, ele devolveu o dinheiro e ainda perguntou se eu queria colocar um chip para não engravidar durante 3 anos, o meu marido, simplesmente disse não, só queria o dinheiro de volta, muitos dizem pra minha família processar o hospital, mas não a nada que pague o valor de uma vida, estou com um corte horrível na barriga, mas tudo se resolve com o tempo.

Eu posso dizer que eu sou milagre e de que Deus tem um plano muito especial na minha vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s