Entenda por que: Garotinho é filmado quebrando escola e diretora é que é afastada pela Prefeitura

b782dbfff179639a239c6c3f299c1996

Ontem, na internet um vídeo se tornou popular ao mostrar uma criança de 7 anos destruindo a sala dos professores, em uma escola Escola Municipal de Macaé, no Estado do Rio de Janeiro. Enquanto o menino jogava livros e objetos no chão, os funcionários diziam que ele não deveria ser impedido.

O menino no vídeo aparece enlouquecido, quebrando tudo dentro da escola, e quanto mais os profissionais falavam, mais ele destruia a escola.

Na internet, as opiniões foram a maioria, em solidariedade aos profissionais de educação da cidade, porém, as imagens intencionalmente ou não, nunca poderiam ter ido parar na internet.

Existe previsão legal tanto na Costitituição Federal quanto no Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA  que veda a exposição de imagem de menor. No ECA,  está previsto o direito ao respeito, consistindo na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança e do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, idéias e crenças, dos espaços e objetos pessoais.

O vídeo ao ser veiculado em rede social, mostrando o rosto da criança, não preservou a imagem dela. O menor  foi exposto a uma situação vexatória, por quem deveria ter resguardado o seu bem estar. Hoje, todos sabem quem ele é. Segundo o ECA “É dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor”. Por isso,  provavelmente, a direção da escola foi punida.

Nada justifica a conduta do menor, os profissionais da educação, acertaram em filmar o que aconteceu para se reguardarem e comprovarem que não tocaram no menor, mas esse vídeo nunca poderia ter sido divulgado. E se fosse eles deveriam ter tido o cuidado de não haver formas de identificar a criança.

Não se sabe o que ocasionou essa conduta do menor, se isso foi reflexo, do que ele vive em casa. Sabe-se apenas que a conduta dele é reprovável.

A cada dia, a vida dos profisisonais de educação, nas escolas fica mais difícil. Crianças com mil problemas, pais que acham que a escola deve educar, pais que não dão limites… E ainda sim, eles precisam ensinar… Professor ensina matéria, pais educam…

O maior questionamento dos profisisonais da educação que aparecem no vídeo  é: “Quero saber com a assistência social, com a polícia, com os bombeiros: o que a gente faz com uma criança dessa”. E aí fica a dúvida, o que fazer numa situação dessas???

A Secretaria Municipal de Educação de Macaé afastou a direção geral da escola até a apuração dos fatos e ordenou que um inquérito seja aberto.

Anúncios

7 comentários

  1. Sinto pela diretora…..mas se nao fizesse este procedimento nao se entraria em um debate….
    esra e a realidade que os professores estao enfrentando…..o ECA precisa ser aplicado na educação da criança desde que nasce…..começa com os pais ou responsável……

    Curtir

  2. Engraçado,quando um menor posta fotos com armas,videos com palavrões,incitação a violência e crimes,de acordo com os pseudo-defensores da sociedade diz que é o direito deles de expor sua situação de vulnerabilidade econômica e social e culpa o governo por isto,agora expor um vídeo é vexatório? Tem que mostrar pois se dessem um arrocho nele,ai os pais hostilizariam a escola,pediriam indenização por danos e etc….sei como é,é bom que esse menor sinta a vergonha na cara desde pequeno e decida ser gente ou animal à margem da sociedade…

    Curtir

  3. Realmente existe um ECA mais que este estatuto responda a pergunta dos educadores ” O QUE FAZER COM UMA CRIANÇA DESTAS? Estamos vendo em todos os meios de comunicação o que está acontecendo com os professores em salas de aulas, e o que deve ser feito? se um professor pega o celular de um aluno é processado pelos Pais do adolescente, uma criança de 7 anos que tem um comportamento deste ah e me desculpe a culpa NÃO É DOS PROFESSORES POIS ELES NÃO SÃO PAIS DA CRIANÇA… ACHO QUE NA REALIDADE O BOM SERIA QUE EM NOSSO PAIS QUE NÃO TEM O DEVIDO RESPEITO PELO PROFESSOR, ONDE UM PROFESSOR É TÃO MAL REMUNERADO E QUE AGORA AINDA ESTÃO SENDO FERIDOS E MACHUCADOS PELA VIOLÊNCIA DAQUELES A QUEM TEM A OBRIGAÇÃO DE ENSINAR CONHECIMENTO E NÃO EDUCAÇÃO POIS EDUCAÇÃO VEM DE CASA… EU PENSO QUE DEVERIAM SEREM EXTINTAS AS ESCOLAS DEIXEM QUE OS PAIS DESTAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES OS ENSINEM EM CASA MESMO OU ENTÃO ENVIEM ELES PARA O ECA ENSINAR E AGUENTAR A VIOLÊNCIA…. SERIA BEM MAIS SIMPLES E ASSIM NÃO VERÍAMOS TANTAS INJUSTIÇAS COMETIDAS CONTRA OS PROFESSORES POR ALUNOS, POR CRIANÇAS, POR ADOLESCENTES E PIOR QUE TUDO PELOS PAIS DESTAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES.

    Curtir

  4. Em momento algum o menino pareceu esta enlouquecido, pareceu bem calmo jogando as coisas incentivado pelos adultos que deveriam serem os racionais, o que fica claro neste vídeo é que houve sim tortura sim tortura psicológica com uma criança.. criança pequena! que não deveria estar nesta situação. Ele ali foi ameaçado de apanhar duas vezes.. a primeira é a “profissional” quando diz que ela não pode bater nele, ela estava ali falando que queria bater nele.. uma profissional de educação? como assim? ela quer bater em um menininho de 7 anos?
    E em outro momento foi a outra que gritou: – Você não toca em mim não” ela avança no menino, sim ela avançou no menino mais a outra gritou .. “Nããão.. deixa ele” pera aí, se aí ta mostrando isso tudo, elas incentivando o menino calmamente jogando as coisas, porque eu ão vi raiva dele em momento algum, porque pai e mae sabem que criança que se em um momento fica com raiva ela deveria gritar… jogar nervoso.. ele não faz nada disso, para ele era uma brincadeira, pois elas estavam dizendo: “-joga.. deixa ele jogar”
    Sei bem que tem casos de adolecentes avançarem ns professores, mais este aí não é o caso, e hoje me pergunto será mesmo que toda culpa esta nos alunos? será que desde a infancia ele vem sendo torturado por “educadores” e quando tem chance extravasam?
    O que sei é que esta errado, tenho 35 anos, nunca vi isso, sou aluna de escola prblica e nunca presenciei isso, sempre ouve respeito dos professores e alunos, mais sou de uma epoca em que se diretor de escolhia no voto dos alunos e ele buscava o bem dos alunos e nao sedia aos governos como é hoje pois ele tá sendo indicado, sei que professores colocavam regras e seguíamos, lembro de eu e minha irma reclamando da professora que na 4 ª série nao deixava usar batom na sala e minha mae nos surpreendeu dizendo: “Dentro da sala de aula quem manda é a professora, ela disse que não pode, não pode, dentro da sala de aula é Deus no céu e a professora na terra!, ” nos calamos e respeitamos ainda mais os professores. Vi que ali minha mae estava me ensinando a respeitar e nao torando a autoridade do professor, mais eles nunca fizeram isso, porque se fizessem. ahh mais ia ter uma mãe igual um leao em cima deles, espero de coração que essas pessoas sejam punidas e que nunca masi trabalhem com crianças pois elas incentivaram um menininho a fazer isso tudo, e aí filmaram.. a todo momento incentivaram e ele fez o que elas mandaram como toda criança..e fez calmo hein.. em calmo…

    Espero que os pais deste menino vá até onde for para punir esses profissionais do terror!

    Curtir

  5. Lá vem os politicamente corretos, ” Direitos humanos”, “direitos das crianças” bla, bla, bla….É exatamente por isso que o Brasil está como está. Uma boa educação e uma serie de palmadas ou castigos deferidos por quem deveria dar educação, ou seja, os pais, isso com certeza poderia ser evitado. No tempo dos meus avós, os corretivos não faltavam e o lugar de bandidagem era na cadeia. Agora os valores mudaram e esses vermes da sociedade abudam por todo o lugar, espalhando o terror por onde passam.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s