Bem vinda ao mundo de cólicas! – Por Juliana Brandileone

11943379_861924650559067_1497645094_n

Bem vinda ao mundo de cólicas!
Essa deveria ser a capa da revista, e não o mundo de caras…

Antes de entrar nesse mundo, deixei para trás um assunto que me assustou um pouco quando aconteceu comigo logo na primeira semana em casa… claro, porque tudo só acontece com você em casa e nunca no hospital.

Enfim… naquele mama não mama que contei para vocês semana passada, fui trocar a fralda do meu filho e Pah… ao abrir tinha um rastro alaranjado ou avermelhado… enfim, mas a primeira coisa que vem a mente é sangue.

Desesperei! Pensei está desidratando e urinando sangue!

Chorei… fiquei mega preocupada e há 2 anos atrás não tinha quase nada disso no google. Hoje tem.

Na verdade nas primeiras urinas do bebê existe a possibilidade de altas concentrações de hormônios da mãe assim como o que se chama de cristal de urato. Esses cristais expelidos mancham como sangue a fralda. Não causam dor nenhuma, apenas assustam a gente que não sabe de nada. Isso vai embora do mesmo jeito que chegou…rapidinho.
Faça o teste da água… Se ao molharrr some rapidinho sem problemas, mas se for realmente persistente como sangue procure um médico.

Tudo vai muito bem até que ela chega. Você não estendeu tapete vermelho, não preparou jantar a luz de velas e nem criou uma trilha sonora especial mas ela chega… e se acomoda na sua vida e de seu bebê como se nunca mais fosse sair de lá: a cólica.

Numa boa… Não tem milagre!
Vai acontecer com todo mundo. Com uns mais outros menos, outros ainda are imperceptíveis mas fica como aquela célebre frase: “Yo no creo en brujas, pero que las hay, las hay”.

Sim… todo mundo espera mas ninguém quer acreditar que vão chegar e chegam.

As cólicas estão associadas ao movimento peristáltico que nosso intestino faz para expelir gases e fezes. Os bebês ainda não tem esse movimento desenvolvido e de repente se deparam com um “treco” que não sobe nem desce e começam a sofrer. A única coisa que sabem fazer para se defenderem é chorar (bem certo que as vezes a gente também. .. só quer chorar) o que no caso deles funciona, para nós adultos não. O intestino dos bebês passou a funcionar com outro tipo de alimento e como sabem, qualquer novidade leva um tempo para o organismo entender.

Quando o aleitamento é feito apenas por peito, as mamys devem estar atentas a alimentação, pois segundo meu médico coisas inofensivas como brócolis, couve, couve-flor, couve-de-bruxelas, repolho, nabo, mostarda, chocolate, cebola, feijão, pimenta, alho e mais um monte podem alterar o sabor do leite, causar a formação de gases ou irritação em alguns bebês. Tudo feito com parcimônia não traz danos… o duro é o danado do bom senso.

Para as mamães de fórmula assim como eu, é dada a largada para a roleta russa das marcas. Não é todo leite que faz bem à todo bebê. Eu comprei uns 4 até acertar aquele que fazia bem para meu filho. Um ele não fazia cocô. Outro vomitava em jato. O outro dava gases e por fim o outro alimentava rs…

Para as mães do peito… sem maiores problemas… para as mães da mamadeira vem o segundo desafio: missão bico!!

Se eu posso dar uma recomendação é: mamys não comprem 95 bicos para amamentarem seus filhos… Comprem poucos… vejam se se adaptam! Não rolou, troca 1 e não 15. O meu pegou uma marca específica de primeira que era a mesma da chupeta, mas depois me deu um baile… coisa que conto mais pra frente!

Mantenham a calma… Às vezes é só uma questão de bico.

Pronto… Agora o intestino que era sussa travou!

O cocô não sai… É um berreiro.

Infelizmente algumas pessoas ainda tem preconceito por machismo de usarem supositório de glicerina… pelamor gente! Isso é santo… tira com a mão em segundos a aflição aflição e mal estar do seu filho. Na época meu médico disse…olha espera 2 dias… Se ele não fizer usa o supositório. Eu disse pra ele que sentia muito mas ia usar todo dia porque ver a agonia dele pra mim era o fim. O médico riu e disse… como queira senhora!
Gente… eu sofria de prisão de ventre e sabia o que tinha que fazer… imagina ele que não sabe é tem algo que dói demais dentro dele? Tô fora e usei!

Só recomendo o seguinte… façam o processo olhando para o bumbum do seu filho… num ambiente adequado e forrado. Como diz minha mãe, em bunda de neném e em boca de bêbado não se pode confiar!
Pois é… fiz olhando pra TV e tive que entrar em seguida no chuveiro de roupa… foi o alívio dele e minha derrota!

Voltando as cólicas nada é tão excelente que acalme pra sempre. Faz parte do desenvolvimento. Tem horas que nem luftal, nem colic calm, funchicoria, bolsa térmica, ficar de bruços, fazer o bebê ficar no colo sobre a sua mão quente e muito menos reza brava ajuda.

Serão noite e dias em busca do conforto.

Você vai ficar irritada com a irritação do bebê? Vai…
Você vai morrer de sono porque você não dorme e ele também não? Vai…
Você vai passar por isso muitas vezes sozinha? Vai…
Você vai acreditar que isso nunca vai ter fim? Vai…

Mas juro… passa!

Quando seu bebê completar 4 meses, tudo começará a acalmar…

Eu por exemplo entrei com papinha aos 3 meses… foi muito bom para meu filho… mas isso foi meu caso!! Nem todo médico é assim… Hoje meu filho tem um paladar que é uma comédia! Come coisas que nem eu como!

Mas isso fica para a semana que vem…
Assim vocês não enjoam de ler tanto rs!

Beijos e mais beijos!!

Se gostou curta nossa página no facebook https://www.facebook.com/Maesemacao

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s