Coaching de brincar??? Personal whatever??? Você sabe o que é isso?

coaching

Faz algum tempo que venho reparado que a minha infância e adolescência foi bem diferente do que existe hoje, como criar seus filhos com as referências que você teve e adequá-las ao mundo moderno? Bem difícil.

Hoje ao ler o texto da jornalista Carolina Delboni que foi publicado no Estado de São Paulo, sinceramente fiquei perplexa vendo o que anda aparecendo na vida das crianças e adolescentes.

A hora que eu li que existem coaching  para crianças juro fiquei boquiaberta, como assim??? E pior que pelo que li no texto existem educadores que recomendam aos pais a contratação desse serviço.

Como assim contratar alguém para ensinar seu filho brincar??? Tal como ela eu acredito que criança nasce sabendo brincar, e vai aprimorando suas brincadeiras com o estímulo dos pais, parentes e amiguinhos, não um coaching.

Outra coisa que me chamou a atenção no texto foi a contratação de um “personal whatever com meninos na pré-adolescência. O trabalho dele é pegar meninos que vivem em condomínios (leia-se a simbologia disso) e os leva para aprender a andar na rua, pegar um busão, ir na padoca e comer um lanche sozinho“. Como assim??? Novamente não consigo entender isso. Delegar tarefas que os pais deveriam desempenhar para estranhos. Concordo plenamente com a jornalista no sentido de que se você não tem paciência e nem capacidade para criar uma criança, nem se dê ao luxo de colocá-la no mundo.

Filho não é trofeu. Filho é um ser que depende muito de você. Entendo, que os pais tem que trabalhar que às vezes priorizam o trabalho para dar o melhor para os filhos. Mas contratar alguém para ensinar as coisas simples da vida como brincar e ou tornar-se uma pessoa independente que saiba se virar é o fim. Você pode brincar com seu filho no tempo que está com ele em vez de ficar no facebook ou vendo televisão, ou falar para o mais velho, hoje não vamos de carro para sua escola, vamos à pé ou de ônibus, mas acho que isso dá muito trabalho.

Como ela diz no texto o esporte é uma forma bem legal de fazer com que seu filho tenha um espírito competitivo, que possa lidar com as perdas e ganhos, saber abaixar a cabeça e ficar no banco de reserva, saiba o que é garra,ele vai aprender a respeitar regras e respeitar o próximo, quando você está em um time, por experiência própria, a socilização com outras pessoas faz com que você pegue ônibus, compre até um churrasgrego na rua a caminho dos jogos e se torne alguém mais preparado para o mundo.

Então, se você prentende que seu filho seja um cara legal, não fique inventando moda na vida deles porque sua amiga fez, porque você achou mais cômodo. Seja apenas uma mãe.

O texto original pode ser encontrado no seguinte link:

http://vida-estilo.estadao.com.br/blogs/kids/queridos-pais-precisamos-ter-uma-conversa/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s